Pessoal

Saia do automático e espalhe gentileza: a lei do retorno pode ser boa

É difícil não se deixar abater pelo cotidiano. Mesmo caminho, mesmas pessoas, mesmo trabalho. É como se, para evitar questionamentos sobre os rumos da vida – normalmente acompanhados de uma pitada de sofrimento, arrependimento e sentimentos afins – entrássemos no modo automático, aceitando inconscientemente nosso destino, seguindo a manada. E quando se trabalha e estuda, então, as… Continuar lendo Saia do automático e espalhe gentileza: a lei do retorno pode ser boa

Pessoal

Coisas boas acontecem (mas precisamos estar atentos)

Ontem de manhã foi um dia que começou difícil. Estava preparando meu café da manhã quando eu e minha mãe discutimos feio. O dia tinha tudo para começar e terminar mal, afinal, todo o relaxamento do despertar foi embora assim que começou a discussão, e a sensação de calma e de que seria um bom… Continuar lendo Coisas boas acontecem (mas precisamos estar atentos)