Pessoal

O tempo passa, mas sempre fica algum resquício de alguma coisa por aí

Hoje resolvi entrar no falecido Orkut para fazer o back-up do meu perfil. É impossível não se assustar com as mudanças que passei desde então. É como se parte da minha vida – e de vários sentimentos – ficassem congeladas, fotografadas, em uma página da Web. Um turbilhão de sensações nostálgicas, para o bem ou… Continuar lendo O tempo passa, mas sempre fica algum resquício de alguma coisa por aí